QUARTOS ETC. - Móveis para Quartos Customizados QUARTOS ETC. - Móveis para Quartos Customizados
  • ETC

Qual é o momento certo de trocar o seu colchão?

24/10/2016

METADE DA VIDA VOCÊ PASSA NO SEU QUARTO e boa parte dormindo, sobre um colchão. Por isso, prestar atenção nesse produto é fundamental para evitar dores nas costas e problemas de saúde. Peso, altura e o jeito de dormir de cada pessoa contam na hora de escolher um bom colchão! Existem alguns fatores que devem ser observados, pois eles indicam a necessidade da troca do colchão.

Dores: se você acorda com dores no corpo e que durante o dia aliviam é sinal de que durante o sono está ocorrendo algum problema.

Aparência do colchão: rasgos, manchas e deformidades visíveis são indícios do término da vida útil do colchão.

Outros sinais de desgaste: ruídos, cheiro desagradável, afundamento da região central do colchão e o próprio tempo de utilização do colchão (um colchão tem vida útil de 4 a 5 anos no máximo, conforme modelo).

Segundo pesquisas 80% dos brasileiros dormem em colchões inadequados ou vencidos. Número que pode causar danos a saúde de muita gente.  Assim como todos os produtos, colchão também tem sua vida útil. Os de espuma possuem durabilidade estimada de 2 a 4 anos; já os colchões de molas, de 4 a 5 anos. Esse tempo será de acordo com as características do colchão, além do cuidado que você teve ao longo dos anos.

O colchão com o passar do tempo acumula milhões de ácaros. Alguns ácaros são parasitas, mas o mais importantes para a patologia humana são as espécies de vida livre comumente encontrados na poeira dos colchões, travesseiros, móveis e pisos das casas. Seu desenvolvimento é favorecido pela umidade relativa do ar (ótima em torno de 75%), pela reduzida ventilação e o acúmulo de poeiras.

Os ácaros não transmitem qualquer tipo de doença. Contudo, a exposição sobretudo através das vias respiratórias e determinadas proteínas que existem no seu corpo e excrementos, pode causar o aparecimento de doenças alérgicas.

Algumas alergias respiratória, como asma e a rinite alérgica, bem como dermatites alérgicas, podem ser provocadas por esses minúsculos ácaros ou por seus produtos (dejetos, secreções, fragmentos de ácaros mortos, etc.).

Quando encontrados no meio ambiente, suspensos no ar com poeiras, são inalados por pessoas que desenvolvem reação de hipersensibilidade a tais materiais. Nas habitações os ácaros alimentam-se de escamas de pele humana e de animais. Por dia, o homem perde 1g destes pedaços de pele. De acordo com alguns estudos internacionais, a presença de 500 indivíduos por grama de poeira é suficiente para causar crise alérgica numa pessoa, com sintomas como falta de ar. A concentração de 100 ácaros por grama de poeira já o bastante para provocar alergia, embora não gere crise.

Porém a maioria das pessoas não percebem que seu colchão não atende mais as suas necessidades de conforto e bem-estar ao dormir. Responda as questões abaixo para saber se está na hora de trocar o seu colchão:

Qual a "idade" do seu colchão? Como estão as suas noites de sono? Você acorda com dores nas costas? Seu colchão está com ruídos? A superfície está desnivelada? Sente as molas incomodarem? Você nota sinais de desgaste em seu colchão como tecido gasto, bordado com linhas soltas, manchas, afundamento em algum ponto? As laterais do colchão estão desniveladas? Quando você dorme na casa de parentes ou hotel acha o colchão mais confortável do que o seu? Se você tem algum tipo de alergia dermatológica ou respiratória, quando você deita piora?

Se você respondeu sim para pelo menos 5 das perguntas, significa que está na hora de trocar o seu colchão!! A Quartos Etc. conta com uma linha completa de colchões para lhe atender é só escolher o seu favorito!!

 

Receba nossa newsletter direto no seu email.

Copyright © 2020 Quartos Etc. All rights reserved